terça-feira, 20 de julho de 2010

Principios Mutantes?

Há tempos venho circulando esta idéia na cabeça, derivada de uma frase bem clichê: "Fere meus principios", "Eu tenho principios"... Mas o que são principios. Como tenho uma base acadêmica bem legislativa (rsrsr) aprendi que principios são regras gerais, abrangentes e imutáveis. E é dai que parte meu sarcasmo. Imutáveis. Fácil é dizer-se abundante em principios dificil é mantê-los e não torneá-los à mercê de interesses particulares. Em suma, após essas conclusões, creio ser de bom alvitre evitar clandestinamente a palavra principio para quem tem personalidade vulnerável, que caminha para onde vão as águas. Fique apenas calado (a) que o silêncio é mais polido que uma mentira interna. Principio é algo que se sobrepõe à um capricho interno e para mantê-lo há de ser muito fiel à uma só pessoa à você mesma que o criou.
Vale deixar claro que nos meus livros de "xodó" e nas minhas diversas personagens femininas quase nunca elas se deixam ultrapassar seus proprios principios, na maioria dos casos elas se vêem entre ferir a si próprio ou manter seus princípios e escolhem o último...me matam de orgulho.
Aqui é o contrario do que Amy Winehouse fala: " Você enfiou a faca primeiro...".
Deixemos minha "idala" fora disso, essa é assunto para um outro dia...

Nenhum comentário: